Governo do Amazonas tenta incluir BR-319 em plano para Amazônia

O projeto de conclusão da BR-319 deve ser encaminhado ao Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) para que faça parte do Plano Regional de Desenvolvimento da Amazônia (PRDA). O Plano desse ministério fará parte do Plano Plurianual do Governo Federal 2020-2023.

A possibilidade de inclusão do projeto da BR-319 foi discutida pelo vice-governador do Amazonas, Carlos Almeida, com o ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Henrique Canuto, na Reunião Ordinária do Conselho Deliberativo (Condel), em Belém. Segundo Almeida, o projeto deve ser apresentado até o final de julho. “Estamos buscando todas as possibilidades para termos a BR-319 concluída, rodovia que representa para o Amazonas a integração definitiva do Estado ao restante do País. Sem integração, não há desenvolvimento”, defende o vice-governador.

Além da questão orçamentária, a obra esbarra no licenciamento ambiental, que ainda não foi concluído. Em relação a isso, Almeida diz que o Estado quer que a BR seja reaberta com as condicionantes ambientais necessárias. ‘’O projeto do governador Wilson Lima é buscar alternativas econômicas para o Amazonas, mas por intermédio de projetos sustentáveis. Com a BR-319 operando plenamente, teremos maior facilidade em atrair investimentos, desenvolver nossas potencialidades em harmonia com a floresta’’, destaca o vice-governador.

Para saber mais sobre esse projeto, veja a notícia do Amazonas Atual na íntegra.

[Imagem: Hudson Braga/Divulgação]