Após 7h, pais liberam tráfego na BR-319 e acesso à ponte do Rio Madeira, em RO

No dia 16 de abril de 2019, pais de alunos de escolas rurais de Porto Velho se reuniram com o Secretário Municipal da Educação, Marcio Félix, a procura de solução para a falta de transporte escolar para os estudantes, o que estava atrasando o início do ano letivo. Em reunião, ficou acordado que o serviço de transporte escolar retornaria no dia 29 de abril (Ver Boletim Informativo 007). Como o acordo não foi cumprido pela Secretaria, os pais fecharam a BR-319 próximo à ponte do Rio Madeira, como forma de protesto, no dia 07 de maio. O protesto durou cerca de 7 horas.

Em nota, a prefeitura de Porto Velho informou que a Secretaria Municipal de Educação (Semed) notificou a empresa contratada para o serviço de transporte escolar rural e que a mesma não justificou a ausência de veículos que deveriam estar disponíveis no dia 30 de abril. A manifestação do dia 07 foi a terceira feita por pais de alunos contra a administração municipal. No dia 29 de abril, o grupo fechou a BR-319 no cruzamento com a avenida Farquar.

Para saber mais detalhes sobre o problema do transporte escolar rural, veja a notícia do G1 Rondônia.

[Imagem: G1 Rondônia]